Paleta personalizada no Inkscape

Ola pessoal,

neste artigo eu vou detalhar todo o processo de criação de uma paleta personalizada no Inkscape.

Para este processo irei utilizar o Inkscape 0.91 r13725, eu sei que vou levar uma bronca do Luciano Lourenço! Mas meu grande amigo, a versão binária do Inkscape 1.0 esta dando erro no meu GNU/Linux Mint pré-histórico, por preguiça ainda estou usando a versão Serena enquanto escrevo este artigo.

O processo de criação de paleta no Inkscape é o mesmo não importando a versão.

Basicamente vamos gerar um arquivo .gpl (arquivo do GNU Public Licensee) que é um padrão aberto e Livre que armazena todos os códigos exadecimais da nossa paleta. Guardar este arquivo em uma pasta específica.

O mais interessante é que existe várias maneira de se criar uma paleta. Este artigo pretende esgotar ou quase este assunto.

Criando uma paleta parte 01

A primeira opção é um arquivo com quadrados contendo algumas cores personalizadas.

Basta ir no menu Arquivo\Salvar Como e salvar com a opção .gpl .

Copie este arquivo para a pasta palettes dentro da pasta de configuração do Inkscape do seu sistema operacional.

GNU/Linux – /home/username/.config/inkscape/palettes

Windows – /Program Files/Inkscape/share/palettes

Ao reiniciar o Inkscape a paleta personalizada irá aparecer nas opções da barra de cores.

Dando tudo certo, a barra de cores deve ficar assim.

 

Criando uma paleta parte 02

A segunda situação é ter 2 quadrados com cores personalizadas e entre eles gerar uma interpolação.

Selecione os 2 quadrados.

Vá em Extensões\Gerar do Caminho\Interpolar

irá aparecer uma tela como esta.

Para instalar a paleta, basta copiar o arquivo novo .gpl na pasta palette como descrito anteriormente.

Dando tudo certo ela deverá carregar assim.

Criando uma paleta parte 03

Outra forma de de se adquirir uma paleta é abrir um arquivo .svg que contenha vetores apenas.

Salve como .gpl e coloque na pasta palette.

Criando uma paleta parte 04

Podemos também vetorizar uma imagem e repetir o processo anterior.

Selecione a imagem e vá ao menu Caminho\Vetorizar Bitmap .

delete a imagem e deixe apenas o vetor.

Salve a paleta.

Criando uma paleta parte 05

O último caso que será abordado é pegar o arquivo .gpl no braço. Para isto vamos usar o site Paletton.

Selecione a cor desejada e clique em Tables\Export .

Copie e cole o código num editor de texto e salve como .gpl na pasta palettes.

Bem pessoal, era isto que eu tinha pra mostrar hoje! Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.